O Representante da Organização das Micromonarquias Lusófonas (ROML) é o agente responsável pela organização e direção dos trabalhos do Plenário e pela representação da Organização perante a comunidade internacional, incumbindo-lhe a promoção e consecução dos objetivos previstos na Carta da Organização.

Outra função relevante exercida pelo Representante da Organização é o recebimento dos pedidos de associação. Compete-lhe verificar o cumprimento dos requisitos previstos no Artigo 6º da Carta e submeter a candidatura do Estado interessado ao Plenário da Organização.

O cargo é exercido no sistema de rodízio por um súdito indicado por cada Estado-Membro, em ordem cronológica da confirmação de sua associação ou, em caso de empate, por ordem alfabética.

Incumbente

O atual Representante da Organização das Micromonarquias Lusófonas é Sua Alteza Real, Bruno, Príncipe da Vestfália, por indicação do Império Alemão.

Bruno da Vestfália ingressou no micronacionalismo em 7 de março de 2002. Presidente da República de Marajó em três oportunidades, encabeçou um movimento monárquico que culminou com a aprovação de seu nome para ocupar o trono marajoara. Liderou a diplomacia marajoara durante 30 meses, período no qual foi embaixador na Liga das Micronações, Liga dos Estados Secessionistas, Organização Latino-Americana de Micronações e Conferência das Micronações Unidas. Organizou a Conferência de Apurinã, realizada em Marajó em 2003 e comandou diversas missões permanentes e temporárias como cidadão marajoara, sofista e oranger, tendo sido inclusive Secretário dos Negócios Estrangeiros desta última por um breve espaço de tempo. Foi um dos líderes do projeto que culminou na formação da Federação Ibero-Americana, composta por Marajó, Orange e Andorra.

Súdito do Império Alemão desde 2007. Pela graça do Imperador, feito Burgrave da Vestfália em 12 de novembro de 2007, elevado a Landgrave (2008), Margrave (2009) e a Príncipe Imperial (2015). Coroado Rei da Galícia e Lodoméria em 2011, sob o nome régio de Leopoldo. Agraciado com a honra de Cavaleiro Grão-Colar da Ordem da Cruz de Ferro e Portador da antiga Cruz do Falcão Branco de Saxe-Weimar do Império Alemão. Dentre as funções ocupadas no Império, foi Lorde-Guardião, Guarda-Chaves da Cidade Livre de Hamburgo e Parlamentar em diversas oportunidades, tendo presidido a Dieta Imperial reunida em Dortmund. Responsável pelo Poder Judiciário Imperial e integrante da Corte Imperial em Blutenburg há mais de dez anos.

Agraciado com o título de Marquês de Nouvelle Chaureau e as honras de Cavaleiro Comendador da Ordem da Flor-de-Lis pelo Principado de Sofia, Cavaleiro Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito da República de Marajó e Dignatário da Cruz da Ordem Templária Restaurada do Reino Unido dos Açores.

Galeria de representantes 

Sua Alteza, o Príncipe Neimar de Treviso

Novembro, 2019
Janeiro, 2020