O corpo de membros da Organização é caracterizado pela pluralidade de representações. Apesar de todos os Estados-Membros adotarem a forma de governo monárquica, cada um deles tem sua própria forma gerir seus próprios negócios e de se relacionar com a comunidade micronacional.

Desenhado por Sua Majestade, o Rei Carlos Frederico da Prússia no ano de 2003, à época Monarca do Sacro Reino de Pathros, as quatro cores do símbolo da Organização representam a pluralidade de ideais e de práticas de cada um dos Estados-Membros. As quatro coroas, voltadas para quatro lados, indicam que este fórum pretende representar as Monarquias dos quatro cantos da lusofonia micronacional.

Em comemoração ao décimo oitavo ano de fundação original da OML, Sua Majestade promoveu, em 2020, o aprimoramento do antigo escudo.